BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 19 de abril de 2011

Sobre lágrimas e gladiadores.

Enquanto lavava a louça, parei pra pensar sobre uma coisa: não lembro a última vez que chorei. Quero dizer, lembro sim e exatamente o fato de lembrar é que assusta, quando se chora com uma certa frequência, nunca se reflete sobre.
Pois é, será mesmo que petrificaram de vez meus sentimentos? Será que conseguiram tirar de mim aquela falta de vergonha de deixar a emoção transparecer? Será que eu ando me segurando demais?
E é com imensa felicidade que respondo não a essas perguntas.
As pessoas andam supervalorizando o choro, colocando as lágrimas num patamar alto, inatingível e ao mesmo tempo tão banal...
Tudo é motivo de choro, o namoradinho, a festinha que não deu pra ir, a nota ruim na escola...
Onde foi parar aquele choro digno e com motivos de verdade? Porque afinal, se for pra chorar sem vontade, eu fico séria, só.
Aliás, tudo é tão banal. Tudo é amor, tudo é paixão, tudo é tesão, tudo é calor, tudo é frio, tudo é amargo ou doce demais. São tempestades em copos d'água, são cachoeiras de emoções falsas se esvaindo com vagar, gota a gota...
Aí a gente tenta se proteger tal qual um gladiador, veste uma armadura, um calçado que proteja, pra tentar pisar nos outros, sem nem ao menos se arranhar...um capacete pra que nossas lágrimas não escorram no campo de batalha sentimental à toa.
E bola pra frente, fecha os olhos e vive. Sem chorar, é claro.

4 comentários:

Luci disse...

Adorei esse post com a forma sincera que você consegue escrever sobre sentimentos em um mundo onde as pessoas sempre querem se mostrar fortes. Esse post foi um dos mais bonitos que já li. Parabéns!

http://vivaiona.blogspot.com/

Inez disse...

É difícil lidar com os sentimentos, mas concordo com o que diz no texto que há banalização de lágrimas.
Muitas vezes parece que são emoções provocadas nada sinceras.

Thayana Ellem disse...

Pode parecer bajulação mas gostei bastante de ter encontrado teu blog...
Temos uma linha de raciocinio parecida, parace ser do tipo pé no chão, como eu...
Chamo uma prima de espelhinho pois além do signo, somos muito parecida nas emoções, na frieza ou no coração mole por certas coisas... meio que chamei vc tbm, quando li alguns posts... espero que mantenhamos contato.

seguindo... bjos
http://srtaellem.blogspot.com/

SURPRESAS DA VIDA disse...

É verdade não devemos chorar.